Song parody of

Jardins Proibidos (Versao '97)

Here's where you get creative! Use our cool song parody creator to make a totally new musical idea and lyrics for the Jardins Proibidos (Versao '97) song by .

Simply click on any word to get rhyming words suggestion to use instead of the original ones. You may also remove or alter entire lines if needed — when you're done save your work and share it with our community — have fun!

  • English English (English)
  • French Français (French)
  • Spanish Español (Spanish)

Quando amanheces,logo no ar, Se agita a luz sem querer, E mesmo dia,vem devagar, Para te ver. E já rendido,vê-te chegar, Desse outro mundo só teu, Onde eu queria, entrar um dia, Pra me perder. Pra me perder, nesses recantos Onde tu andas, sozinha sem mim, Ardo em ciùme desse jardim, Onde só vai quem tu quiseres, Onde és senhora do tempo sem fim, Por minha cruz, jóia de luz, Entre as mulheres. Quebra-se o tempo, em teu olhar, Nesse gesto sem pudor, Rasga-se o céu, e lá vou eu, Pra me perder. Pra me perder, nesses recantos Onde tu andas sozinha sem mim, Ardo em cíume desse jardim Onde só vai quem tu quiseres Onde és senhora do tempo sem fim, Por minha cruz, jóia de luz Pra me perder, nesses recantos Onde tu andas sozinha sem mim, Ardo em cíume desse jardim Onde só vai quem tu quiseres Onde és senhora do tempo sem fim, Por minha cruz, jóia de luz Entre as mulheres.

Done creating your parody?

Don't keep it to yourself! Save it now so you can share it with the rest of the world!

Watch the song video

Jardins Proibidos (Versao '97)

Our awesome collection of

Promoted Songs

»