Lyrics.com »

Search results for 'algum'

Yee yee! We've found 318 lyrics, 0 artists, and 0 albums matching algum..

Year:


Filter by gender:

Lyrics:

Eu bato o meu carro aprendo a roubar
Eu arranjo briga bebo em algum bar
Beijo qualquer boca eu traço algum plano
Só pra não lembrar
E o povo vai se embora com medo de se afogar
O sertão vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
O sertão vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Virou
E o povo vai se embora com medo de se afogar
O sertão vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
O sertão vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Virou
Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
e algum
Que seja um
é o que eu quero mais
O Teu amor é o que nos torna capazes!
Sem medo algum
Se amem mais
Sem medo algum
Se amem mais
O Teu espírito é quem age e faz
Sem medo algum
Se amem mais
Sem medo algum
Se amem mais
O Teu espírito é quem age e faz
Sem medo algum
Se amem mais
Sem medo algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Me diz aí quem 'tá sujeito ao pecado
E também tem algum desejo insaciável por alguém
E na verdade tem vergonha de falar, pode contar
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Um dia eu me entrego e no outro quero dominar
Ah se eu pudesse entender o tempo
Eu não teria medo algum de lhe dizer
O toque dos seus lábios tem sabor dos ventos
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno anti monotonia
E algum
Eu quero ser feliz
Quem não quer ser feliz, me diz?
Me diz então é preciso chegar em algum lugar
Ter algo bom pra comer
E algum lugar pra se morar
Satisfeito então
Eu faço a preza pros irmão
Consciente, pé no chão
Plunct Plact Zum
Pode partir sem problema algum
Ô Plunct Plact Zum
Pode partir sem problema algum
Boa viagem, meninos, boa viagem
O céu e o mar
A lua e a estrela
O branco e o preto
Tudo se completa de algum jeito
Homem e mulher
A faca e o queijo
O incerto e o perfeito
Tudo se completa de algum jeito
O céu e o mar
A lua e a estrela
O branco e o preto
Tudo se completa de algum jeito
Homem e mulher
A faca e o queijo
O incerto e o perfeito
Tudo se completa de algum jeito
O céu e o mar
A lua e a estrela
O branco e o preto
Tudo se completa de algum jeito
Homem e mulher
A faca e o queijo
O incerto e o perfeito
Tudo se completa de algum jeito
O céu e o mar
A lua e a estrela
O branco e o preto
Tudo se completa de algum jeito
Homem e mulher
A faca e o queijo
O incerto e o perfeito
Tudo se completa de algum jeito
O sertão vai virar mar, dá no coração
O medo que algum dia o mar também vire sertão
Vai virar mar, dá no coração
O medo que algum dia o mar também vire sertão

Discuss these algum Lyrics with the community:

0 Comments

    We need you!

    Help build the largest human-edited lyrics collection on the web!

    Search for song lyrics by

    Genres

    Styles