Lyrics.com »

Search results for 'algum' Page #2

Yee yee! We've found 1,167 lyrics, 0 artists, and 0 albums matching algum..

Year:


Filter by gender:

Lyrics:

Bahia
Mais algum dia eu volto pra lá

Eu vim, eu vim da Bahia cantar
Eu vim da Bahia contar
Tanta coisa bonita que tem
Na Bahia, que é meu lugar
Tem meu
maluca e eu sou doidão 
Eu quero aproveitar
Não gostou, vá se lascar
Algum dia eu vou morrer achou ruim, vá se fuder

É que eu sou maluca e eu sou
asinhas coloridas, que me faz sonhar;
até no inverno, tento ver, no céu aberto, 
pra ver se te acho em algum lugar

não posso te privar da liberdade 
por
Vivo s?? sem voc??
Que n??o posso esquecer
Um momento sequer
Vivo pobre de amor
?? espera de algu??m
E esse algu??m n??o me quer
Vejo o tempo
embora
Embora não pareça, a dor vai passar
Lembra se puder, se não der, esqueça
De algum jeito vai passar
Lembra se puder, se não der, esqueça
De
ouvir estrelas
certo perdeste o senso
Eu vos direi no entanto
Enquanto houver espaço, corpo
tempo e algum modo de dizer não
Eu canto, ora direis
tem algum desejo insaciável por alguém
E na verdade tem vergonha de falar, pode contar

Me diz aí (me diz aí) quem 'tá sujeito ao pecado
Também tem
comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia
não posso mais viver
Que seja um
é o que eu quero mais
Que seja um
é o que eu quero mais
O Teu amor é o que nos torna capazes!
Sem medo algum
Se
no outro quero dominar
Ah se eu pudesse entender o tempo
Eu não teria medo algum de lhe dizer
O toque dos seus lábios tem sabor dos ventos

Um dia eu
comida
Todo amor que houver nesta vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia
comida
Todo amor que houver nesta vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia
comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia
comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia
de lua, no canto do mar
Eu vim da Bahia
Mas eu volto pra lá
Eu vim da Bahia
Mas algum dia eu volto pra lá

Eu vim
Eu vim da Bahia cantar
Eu vim
vergonha
Da beleza que chegou comigo
Vamos pra Fernando de Noronha
Namorar na paz do paraíso
E quem sabe a lenda da cegonha
Passe a fazer algum sentido
Mas ligados no mesmo destino
Um amor feito eu e você

O céu e o mar
A lua e a estrela
O branco e o preto
Tudo se completa de algum jeito
Homem e
vindo! Não é meu...
De algum quarto perdido no desejo? 
De algum jovem amor que recebeu 
Mandado de captura ou de despejo? 

É uma ave estranha: colorida
vindo! (Não é meu)
De algum quarto perdido no desejo?
De algum jovem amor que recebeu 
Mandado de captura ou de despejo?

É uma ave estranha: colorida,
Vai
Abraço bem
Quem eu conheço
Amarro com um nó
E dou um laço
Espero sempre
Algum compromisso

Atento em
Todos os gestos
Ainda assim
Nada é tão certo
comida
Todo o amor que houver nesta vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia
uma emoção pequena
Qualquer coisa

Qualquer coisa que se sinta
Tem tantos sentimentos, deve ter algum que sirva
Qualquer coisa que se sinta,
Tem
comida
Todo o amor que houver nesta vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia
E quando volto te encontro aqui
(Deixa-me viver assim, assim, sempre ao seu lado)

Num cantinho de algum beijo
No limite dos seus lábios
Deixa-me

Discuss these algum Lyrics with the community:

0 Comments

    We need you!

    Help build the largest human-edited lyrics collection on the web!

    Search for song lyrics by

    Genres

    Styles