Lyrics.com »

Search results for 'ALCA' Page #2

Yee yee! We've found 152 lyrics, 0 artists, and 0 albums matching ALCA.

Year:


Filter by gender:

Lyrics:

Mala Sem Alça

Você não sabe o que faz
Não sabe o que ta falando
É um louco ciúme
Fica pegando no pé
Parece até que é
Dona dos meus pensamentos
Alça em ombros nus
Lábios crus de cosméticos
Leite da terra prometida, teus lençóis
Mel da terra prometida sobre ele
Sobramos nós
Luz de pelos,
Entende?
Realizo cirurgias que exterminam o Hall
Nisto estão latrols, sóbrios e Bender (Iê)


Salvo em um render o novo caos
Germinar repreende o chão
Alças
A última valsa 
Me alça 
No astral 

A espiral é de fumaça 
E o pensamento é de cristal
the need for love
Struggle against the need for love

I'm schizophrenic manic depressive
Kids of today surely are aggressive
An alca
uma lareira

É a luz q te ilumina igual a lua cheia
Fica puta mas logo ja passa
É do tipo q adora ir pra caça
Assassina de mala sem alça

Não sou nike
Alça a perna e se garante, no “rebolei”o da corda,

Porque até Nossa Senhora, protege e dá guarida,

Pra quem entende da lida, é coisa linda de ver,
buscar.
Uma mala bagunçada, sem alça e sem rodinha
Jogada no tapete entre a sala e a cozinha
Sei que ta sem paciência pra escutar
Ve o que você faz,
Eu so
Pemba no chão risca risca 
Tem que ter coragem pros verso risca 
Nesse chão onde piso descalça
Esses mano não me leva na alça 
Focada na caça, onça
olho blue
A p*ssy dela Majin Buu (ya)
Alça boque*e é sua franja (Huu)
Assiste anime e gosta banda

Vira minha ""girl-e""
Mas sem namora você sabe né
lhe pos de castigo (foda-se)
Amigo aceite este conselho amigo

Se você não é bem vindo (foda-se)
Se a mala não tem alça (foda-se)
Se a barriga está
otário, o seu mala sem alça se não sabe o etinerario,
Dis que sou Satã, dis que sou macabro, 
O seu onça sem pinta minha fé é inabalável,
Seis tá diskando
Se nós faz chover dinheiro é porque tem talento em dobro
E se bobear, nós rouba a cena e alça voo
Shake, shake, eu digo shake, shake
Ela mexe, vem,
alças peroladas, moedas de ouro, colares, coroas
Espelhos, rendas, cartas
Coisas que pesam
Prefiro navegar sem âncoras
Tudo que o universo conspirou pode
Razões do meu semblante

Quando guri
Buscando aprender o ofício da lida
Agarrado na alça do basto
Desconfiado da vida
A saudade aumenta
Em lembranças
Quando o Carcará sai pra voar sai pra matar
Sem pedir licença alça voo e cruza o rio
E num rasante cai e pega peixe e cascavel
Voa corta o vento e
mão no rolê, anos se passaram e eu não canso de dizer
Que eu seguro sua mão no rolê, só troca pela alça do carrinho de bebê
Me deixa cuidar de você,
semimorta,

Conseguira ao céu alçá-la

Porque o céu abre uma porta

Quando ela fala.

Autoria: Machado de Assis
próprio tempo
No devaneio das horas
E o Biguá a beira rima
Alça voo e vai embora

O balseiro é o poeta
Em seu remo diretriz
Escreve aquilo que pensa
Nem
a própria filha 
O Brasil que perdeu metade da selva amazônica
Para a ALCA instituição Anglo saxônica 
Sacana pilantra companhia americana 
Invadem o país
Vai linda mulher
Alça teu vôo
Sobe e vôa

Vai sol das manhãs
Vai ouvir a grama brotar
Sob os teus pés

Vai meu lindo amor gentil amor
Vai ao mundo
os lirios que lhe dei na rua
cosmo centro casa
sapatos gastos 
te vi nas alças
caiste brusca
matasse o susto
travaste o vasto

imensidão te vejo
alça Rasgada

Resolvi te ligar pra falar sobre coisas que estão rolando comigo
Palavras que não disse a ninguém por medo não saber o que ser dito
Só
FICARAM

POEIRA DA TERRA DOURADA, AS PEDRAS CORTADAS PELO VERDE ESMERALDA
TEMPLO DE ÁGUA SAGRADA, REDEMOINHOS DA DANÇA DAS ALMAS
LIMPAM A AURA, ALÇA A VISÃO

Discuss these ALCA Lyrics with the community:

0 Comments

    We need you!

    Help build the largest human-edited lyrics collection on the web!

    Search for song lyrics by

    Genres

    Styles