Pingo D'água

by Sérgio Reis

Sergio Bavini, known as Sérgio Reis (born June 23, 1940), is a Brazilian sertanejo singer, actor and politician. He has sold approximately 16 million copies of his more than 40 album releases. Reis was born in São Paulo, and began working in radio stations and nightclubs as a teenager. In 1958, he …




Eu fiz promessa
Pra que Deus mandasse chuva
Pra crescer a minha roça
E vingar a criação

Pois veio a seca
E matou meu cafezal
Matou todo o meu arroz
Secou todo algodão

Nesta colheita
Meu carro ficou parado
Minha boiada carreira
Quase morre sem pastar

Eu fiz promessa
Que o primeiro pingo d'água
Eu molhava a flor da santa
Que estava em frente ao altar

Eu esperei uma semana
Um mês inteiro
A roça tava tão seca
Dava pena até de ver

Olhava o céu
E cada nuvem que passava
Eu da santa me lembrava
Pra promessa não esquecer

Em pouco tempo
A roça ficou viçosa
A criação já pastava
Floresceu meu cafezal

Fui na capela
E levei três pingos d'água
Um foi o pingo da chuva
E dois caíram do meu olhar

Written by: João Pacífico, Raul Torres

Lyrics © IRMAOS VITALE S/A INDUSTRIA E COMERCIO

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind

© Lyrics.com