Canto de Ossanha

by Astrud Gilberto

Astrud Gilberto (born March 30, 1940) is a Brazilian samba and bossa nova singer. She is well known for her performance of the Grammy Award-winning song "The Girl from Ipanema".




O homem que diz dou não dá
Porque quem dá mesmo não diz
O homem que diz vou não vai
Porque quando foi já não quis

O homem que diz sou não é
Porque quem é mesmo é não sou
O homem que diz tô não tá
Porque ninguém tá quando quer

Coitado do homem que cai
No canto de Ossanha, traidor
Coitado do homem que vai
Atrás de mandinga de amor

Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai

Let go, let the world know you're alive
Let the world know you believe
Let the world know you have loved to give

Amigo sinhô, saravá
Xangô me mandou lhe dizer
Se é canto de Ossanha, não vá
Que muito vai se arrepender

Pergunte pro seu Orixá
O amor só é bom se doer
Pergunte pro seu Orixá
O amor só é bom se doer

Vai, vai, vai, vai, amar
Vai, vai, vai, sofrer
Vai, vai, vai, vai, chorar
Vai, vai, vai

Let go, let the world know you're alive
Let the world know you believe
Let the world know you have loved to give

Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai, não vou

Written by: Marcus Vinicius Da Cruz De M. Moraes, Baden Powell

Lyrics © Tratore

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind

© Lyrics.com